Sun Tzu: A Arte da Guerra

Na última semana fiz a leitura do Livro: A arte da Guerra, de Sun Tzu.

A Arte da Guerra (chinês: 孫子兵法; pinyin: sūn zĭ bīng fǎ literalmente “Estratégia Militar de Sun Tzu”), é um tratado militar escrito durante o século IV a.C. pelo estrategista conhecido como Sun Tzu. O tratado é composto por treze capítulos, onde em cada capítulo é abordado um aspecto da estratégia de guerra, de modo a compor um panorama de todos os eventos e estratégias que devem ser abordados em um combate racional. Acredita-se que o livro tenha sido usado por diversos estrategistas militares através da história como Napoleão, Adolf Hitler e Mao Tse Tung. (fonte – wikipédia)

O Livro é muito interessante, acredito que todos administradores de empresa e gerentes deveriam ler, pois no mundo empresarial o que mais existe é “guerra“.

Sun Tzu (孫子) (pinyin: Sūn Zǐ) (544 – 496 A.C.), é considerado um dos maiores estrategistas militares de todos os tempos, … foi um dos primeiros realistas no campo das ciências políticas. (fonte – wikipédia).

O livro possui uma linguagem muito simples, o que facilita o seu entendimento e as aplicações das táticas de Sun Tzu.

suntzu
Sun Tzu

Abaixo, estão alguns detalhes de Sun Tzu, no livro: A arte da guerra.

  1. Aqueles que possuem os verdadeiros princípios da arte da guerra não combatem duas vezes. Resolvem tudo na primeira tentativa.
  2. Se você é obrigado a citiar e destruir uma cidade, disponha seus carros, defesas e máquinas de guerra de tal forma que nada lhe falte na hora do assalto. Se, em três meses, a cidade não tiver sido tomada, é porque houve erros de sua parte.
  3. Se o General levantar as tropas fora da hora, se ele as colocar para evançar quando deveriam acampar, se ele não conhece exatamente o lugar para onde se dirigem, se ele as fatiga inutilmente, as desloca sem necessidade, se ignora as fraquezas de cada um de seus soldados, se estes não estiverem cada um em cargo de acordo com suas aptidões, a fm de que sejam bem aproveitados, se não sabe manter a disciplina com todo o rigor, se não sabe comandar, se não sabe recompensar: o General que comete tais erros expõe o Estao e os recursos, desonra sua pátria e deve, ele mesmo, ser vítima de sua própria incapacidade.
  4. No momento em que o General tiver reunido todas as suas tropas, ele deve fornecer-lhes posições vantajosas: esta é a condição para o sucesso dos seus projetos e é mais difícil do que se imagina.
  5. Pela posição que ocupa, o General é um homem acima de uma multidão de homens; ele deve, portanto, saber comandar os homens e os conduzir.
  6. Perturbe o governo opositor, semeie a discórdia entre os lideres…provoque indisciplina…enfraqueça-os, envie-os mulheres que os corrompam…Dê falsos alarmaes e falsos avisos.
  7. Se seus informantes lhe dizem que as árvores se mexem, apesar de não estar ventando, é o inimigo que se move.
  8. Se qualquer soldado, ao se deslocar, deixar cair um objeto, mesmo que de pequeno valor, e não se abaixar para pegá-lo; se, tendo perdido, um utensílio ele não avisa: é um ladrão. Que seja punido como tal.
  9. As diferentes maneiras de empregar o fogo na guerra são cinco:
    1. queimar os soldados no campo;
    2. clocar fogo nas provisões;
    3. incendiar as bagagens e os trens;
    4. entregar às chamas os arsenais e armazéns;
    5. lançar chamas contra os animais, as armas e os estandartes.
  10. Levar anos observando o inimigo ou fazendo guerra é não amar o povo, é ser inimigo do seu próprio país.

Poderia ter abordado muitos outros detalhes de Sun Tzu, porém esses dez tópicos apresentados anteriormente podem ser aplicados em nossos negócios. É claro que não devem ser levados ao pé-da-letra e sim transformados e adaptados.

Apesar do livro explicar técnicas de guerra, você pode muito bem adaptar essas técnicas e fazer com que seus projetos sejam muito mais eficientes, assim como a venda de um produto ou até mesmo a superioridade em uma concorrência.

É de suprema importância atacar a estratégia do inimigo. (Sun Tzu)

Dados sobre o Livro

Título: A arte da guerra

Editora: Átomo

ISBN: 978-85-7670-101-9

Tradução: Helena Moysés, Graciema Pires Therezo, Aline Marques

Um pensamento em “Sun Tzu: A Arte da Guerra”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *